11 de fevereiro de 2009

Dar não é Fazer Amor


Interessante como sempre o pensamento de Luiz Fernando Verissimo... que repasso aqui...


Dar não é fazer amor.

Fazer amor é lindo, é sublime, é encantador, é esplêndido.

Mas dar é bom pra cacete.
Dar é aquela coisa que alguém te puxa os cabelos da nuca...
Te chama de nomes que eu não escreveria...
Não te vira com delicadeza...
Não sente vergonha de ritmos animais.
Dar é bom.


Melhor do que dar, só dar por dar.

Dar sem querer casar...
Sem querer apresentar pra mãe...
Sem querer dar o primeiro abraço no Ano Novo.
Dar porque o cara te esquenta a coluna vertebral...
Te amolece o gingado...
Te molha o instinto.
Dar porque a vida é estressante e dar relaxa.
Dar porque se você não der para ele hoje, vai dar amanhã, ou depois de amanhã.
Tem pessoas que você vai acabar dando, não tem jeito.
Dar sem esperar ouvir promessas, sem esperar ouvir carinhos, sem esperar ouvir futuro.
Dar é bom, na hora.
Durante um mês.
Para os mais desavisados, talvez anos.


Mas dar é dar demais e ficar vazio.
Dar é não ganhar.


É não ganhar um eu te amo baixinho perdido no meio do escuro.
É não ganhar uma mão no ombro quando o caos da cidade parece querer te abduzir.
É não ter alguém pra querer casar, para apresentar pra mãe,
pra dar o primeiro abraço de Ano Novo e pra falar: "Que que cê acha amor?".

É não ter companhia garantida para viajar.
É não ter para quem ligar quando recebe uma boa notícia.
Dar é não querer dormir encaixadinho...
É não ter alguém para ouvir seus dengos...
Mas dar é inevitável, dê mesmo, dê sempre, dê muito.

Mas dê mais ainda, muito mais do que qualquer coisa, uma chance ao amor.
Esse sim é o maior tesão.
Esse sim relaxa, cura o mau humor, ameniza todas as crises e faz você flutuar.
Experimente ser amado...

9 comentários:

Tatiana disse...

Que postagem mais linda!
Com certeza o Amor sim... "relaxa, cura o mau humor, ameniza todas as crises e faz você flutuar."

Beijinhos

FRAN "O Samurai" disse...

Olá!

É um texto bem interesante! Sou daqueles que acredita que uma transa sem amor não é uma transa, é apenas um momento de sua vida que foi bom, mas foi perdido, foi em vão!

No final tudo fica sem sentido e vem a culpa... a culpa de que poderia ter um tempero a mais! O amor, para completar esse momento!

Realmente!

Dêem, dêem bastante! Cada um sabe o que vale a pena...

Pra mim o amor vale mais que uma transa sem sentido.

Gostei do texto.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Porque não dar para o nosso amor?Dar muito,dar sempre e ter muito e sempre alguém para dizer baixinho e a toa:-Eu te amo!

Beijos,querida!Sonia Regina.

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Como sempre tudo muito bonito por aqui.
Só passei para dar um abraço


No entardecer,
o sol dança com a chuva
e um arco-íris
no horizonte tinge...
Espera a lua surgir
e entre as nuvens
uma estrela luzir.
Depois, a terra sorri
quando na noite escura
o céu clareia...
Um véu de estrelas
abraça a lua cheia...
O poeta fecha os olhos
e sente o poema
correr em suas veias.
A lua deita no mar
e o sol, novamente
beija a areia.

(Sirlei L. Passolongo)

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Tem troféu lá no blog pra você!

Beijo!Sonia Regina.

FERNANDA-ASTROFLAX disse...

QUERIDA AMIGA, GOSTEI MUITO DO TEXTO... VOTOS DE BOM FIM DE SEMANA... UM ABRAÇO DE CARINHO,
FERNANDINHA

.: Phoenix :. disse...

Caracas.. amo esse Texto! Acho tudo de bom.
Lindo mesmo!
Deixei troféu para você no meu espaço.
Beijão, linda!

{diva_elfa}AL disse...

tem um meme p/ o teu blog no meu...

(http://pensamentosd1baunilha.blogspot.com/2009/02/premio-literatura-e-arte-do-blog.html)

beijos
diva

Pelos caminhos da vida. disse...

Já estou de volta e nessa semana que comemoramos o Dia Internacional da Mulher meu blog será voltado a nós mulheres e tem selo "Mulher 2009" la pra vc.

beijooo